2012: O fim do mundo na oposição

Por Flavio de Souza Lima (*)

“Acreditei nessa conversa mole
Pensei que o mundo ia se acabar
E fui tratando de me despedir
E sem demora fui tratando de aproveitar
Beijei na boca de quem não devia
Peguei na mão de quem não conhecia
Dancei pelada na televisão
E o tal do mundo não se acabou” (ASSIS VALENTE).

Meninas e meninos, boas!

Leio no ABCDMAIOR, que o ex-Alcaide sãobernardense, Dib, declara que o favorito às prévias dos tucanos para 2012 é Admir Ferro. Destaca a tradição do companheiro dentro do partido e diz que, caso Admir se habilite para a disputa interna, abrirá mão em apoio a ele.

Entre os povos pré-colombianos, os Maias foram considerados os de calendário mais holístico e complexo e, por isso mesmo, ficaram conhecidos por alardeada precisão. Teriam previsto, por exemplo, a chegada do homem branco – Hernan Cortez – a 8 de Novembro de 1519. Este calendário Maia prevê que algo de muito grave se passará no solstício de Inverno, 21 de Dezembro, de 2012. Tão grave será o acontecimento, que o mundo tal como o conhecemos desaparecerá. Isto não quer dizer que o mundo acabará, quer simplesmente dizer que um grande acontecimento transformará o mundo.

Bem, antes do apocalípse Maia, em 3 de outubro de 2012, teremos eleições municipais. Três “filhos da terra”, daqueles que os “oriundi” tendem apoiar, estão vivíssimos na disputa: Alex Manente (O “Luan Santana” da política batateira), Orlando Morando (do empório Morando) e Admir Ferro (que tem no currículo uma marca impressionante: 10 anos à frente da Secretaria de Educação sem saber “o que é mesmo uma criança”), além do próprio Dib.

Marinho, candidato à reeleição e, na análise do Deputado Vicentinho, já reeleito, terá dois cenários na tentativa. O primeiro, e aquele em que os petistas apostam e torcem para que ocorra, é o do racha. Claro, se o time acima se juntar, vai dar trabalho, basta conferir os votos de Admir para vereador e de Dib, Morando e Alex para Deputados. Cena de 2º turno. Dizem que o menino/deputado Alex pode ser o fiél da balança… não sei. Dib Afirma que o PPS de Alex fecha com os tucanos no 2º turno… mas, e se o próprio Alex estiver na disputa? Admir é “campeão de votos” na vereança, teria o mesmo sucesso na disputa de um cargo majoritário? Dib abriria mesmo mão, ou sua votação para federal fez crescer a auto-estima e ele prepara a volta ao Paço?

Enfim, se eu fosse Marinho, adoraria que os Maias não fossem tão precisos e que o mundo acabasse antes! Ao menos EM GUERRA, no ninho da oposição. É isso.

*Flavio de Souza Lima mantém o blog “Conterrâneoriundi” dentro do site do Jornal ABCD Maior e é colaborador do “Quem tem medo da democracia?”, sendo “nosso correspondente na terra do Lula”.

Comente sem medo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s