Sem categoria

Temer vai pegar “praga de pobre”, diz ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi

IMG_20170331_110639776

Carlos Lupi e Fernando Bandeira. Entre eles, Getúlio Vargas. Foto: Ana Helena Tavares.

Durante entrevista para biografia de Fernando Bandeira, fundador do PDT, sindicalista e ex-deputado, feita por Ana Helena Tavares, o presidente do PDT e ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi foi perguntado sobre como os trabalhistas estão vendo o momento político atual. O ex-jornaleiro e atual presidente do partido fundado por Leonel Brizola não poupou críticas a Michel Temer que, segundo Lupi, está promovendo um “governo de traição nacional”. Leia a íntegra:

“Eu vejo que nós estamos passando por um golpe muito forte contra a CLT. Eu ouso te dizer que com o legislado se submetendo ao acordado, ou seja, com o acordo valendo mais do que a lei, acaba a legislação trabalhista. Para que lei se o acordo vai valer mais do que a lei? Qual é esse acordo onde um tem o dinheiro, o poder, a máquina o patronato e outro não tem nada? O que não tem ou ele acorda ou é mandado embora.

“Então, o que o Michel Temer está fazendo é muito grave. Isso mostra a natureza golpista do governo.  A falácia do déficit da previdência é uma mentira. Eles mentem, mentem, mentem. De tanto repetir uma mentira, patrocinados pelo grande sistema de mídia, as pessoas acabam achando que é verdade (técnica usada por Goebbels, ministro da propaganda de Hitler).

“É golpe! O que eles estão fazendo com a legislação trabalhista é a revogação na prática. Terceirização sem limite! Então, não precisa mais ter concurso público, porque até o governo pode terceirizar. Quer dizer, é um bundalelê. Não tem outro termo mais adequado. Pode tudo! Isso é muito grave.

“Isso acaba com a CLT e destrói a vida sindical. Porque, olha, se eu tenho o meu sindicato representando os trabalhadores metalúrgicos e você tem outro sindicato de terceirizados. Como ficam os dois? É um para acabar com o outro.

“Virou a Casa da Mãe Joana, com todo o respeito às mães Joanas do Brasil. Cada um vai fazer o que quer. É muito grave. Muito grave. E, para mim, isso é o começo do fim.

“O Brizola falava umas frases que a gente que conviveu com ele lembra muito. Ele falava sobre a “praga de pobre”. Dizia que aquele que faz mal à população mais fragilizada ia pegar “praga de pobre”.

E o que é praga de pobre?

“É o que vai acontecer com o Temer! Ele vai ter um fim dramático porque ele está fazendo aquilo que é para destruir o trabalhador.

“Se você não tem direito ao presente e não tem perspectiva de futuro, é fatal que este governo esteja marcado como o governo da traição nacional. Está conseguindo ser pior que o Fernando Henrique. Ele está fazendo na prática o que nem Fernando Henrique – que eu não gosto – teve coragem de fazer.

“Temer bancou a aprovação da terceirização e está bancando acabar com a previdência. Hoje, para ter a complementação total, dá 105 anos de idade! Fizemos o cálculo. E eles não têm nem a hombridade de ver as condições diferentes.

“O trabalhador rural com 60 anos de idade, não por vaidade, mas pelas condições, tem uma aparência de 80, enquanto o urbano pode aparentar uns 50. Porque a vida do trabalhador rural é muito mais dura, a cara marcada, as mãos calejadas. Como é que ele vai ter a perspectiva de vida que eu tenho morando numa cidade como o Rio de Janeiro? As condições de vida são outras. O acesso à saúde, a medicamentos, a hospitais, é tudo muito melhor.

“Como você pode igualar? A média de vida do nordestino já tem melhorado, mas ainda é dez anos a menos de quem vive no sul. Então, o que este governo está fazendo é criar uma regra desconsiderando o que é mais importante: o ser humano.

“Ah, porque a previdência tá falida”, eles dizem. A previdência não fale! Os administradores é que falem. Quem tá falindo é o governo do Temer. Porque não tem competência para gerir o Estado! Jogar a conta pro lado mais fraco é fácil. Sempre o aposentado que paga. Mas nunca chegam ao maior câncer da sociedade que é o sistema financeiro. Baixou a taxa de juros, mas continua sendo das maiores do planeta.

“E o sistema financeiro é criminoso contra quem precisa. O que ele quer com a previdência? Ele quer diminuir entre aspas um déficit que não existe para pagar juros e amortização da dívida interna e externa. Dá mais valor ao capital do que ao ser humano. Não importa que o ser humano morra. Não importa que só vai se aposentar depois dos 70 anos. O importante é pagar dívida!

“Ora, se você, como cidadão, tem uma dívida com um banco – e se ela é impagável – você negocia com o banco e ele diminui a dívida. Tenho pessoas da minha relação que negociaram dívidas por 20% do valor.

“O Brasil não negocia! O Brasil quer pagar tudo e se atrasa um dia parece que o país vai acabar. Essa questão da dívida, que é um câncer que nós temos no Brasil, tudo o que melhorar de arrecadação vai ser para pagar a dívida.”

 

Categorias:Sem categoria

Tagged as:

Comente sem medo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s