Brincando com os versos

Vontade e realidade – minha homenagem à primeira mulher presidente do Brasil

Vontade e Realidade
Para a primeira mulher presidente do Brasil
Por Ana Helena Tavares*, em 31 de Outubro de 2010
Vontade de mergulhar no oceano
Flutuar como gota
Cristalina e sem pano
Uma sanidade louca
Vontade de abrir o berreiro
Fechar-me em lembranças
De um sonho inteiro
Regado a esperanças
Vontade de voar, voar, voar
Nesta noite de imensidão
Com uma estrela vermelha a brilhar
O meu vôo é o de uma multidão
Vontade contraditória de ficar
Para ver outros brilhos com firmeza
Que iluminam o meu bem-estar
E me dão do progresso a certeza
Realidade de um povo sem engano
Andando de cabeça erguida
Com rumo e sem cano
Com dignidade de vida
Realidade de abrir a carteira
Fechá-la sem dó
Partir para a feira
E fazê-la melhor
Realidade de sonhar, sonhar, sonhar
Porque sonhos já não são só osso
Com comida na mesa ao jantar
No café e no almoço
Realidade eufórica de ter
Noites com mais tranquilidade
Realidade histórica de ser
Dono da própria vontade

*Ana Helena Tavares é jornalista por paixão, escritora e poeta eternamente aprendiz.

Comente sem medo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s