Ensaios

Breve ensaio sobre o bom senso

O bom senso é a coisa mais “organizada” do mundo, pois como cada pessoa acha-se sempre no direito de impor sua maneira de pensar, mesmo os mais resistentes à acomodação do pensamento, parecem não preferir aumentar a “inteligência” que supõem ter. Até é bem possível que todos ou pelo menos a maioria, tenha razão ao acreditar que não é preciso acrescentar algo novo ao que pensam, talvez por medo de acabar por contestar suas “certezas” e isso não é de todo nocivo… Isso nos chama a atenção ao fato de que a arte de fazer “boas” conclusões é instintivamente comum a todos. Ser mais ou menos racional do que o outro nem sempre é fator decisivo para que divirjamos em nossas opiniões. Provavelmente, isso se deve ao fato de fazermos sempre nossa opção de pensamento. A questão é que ser “bonzinho” nem sempre é fundamental: o que vale é usufruir corretamente dos nossos conhecimentos. Grandes tentações podem causar problemas por mais que a pessoa tenha alma nobre. Em contrapartida, essas mesmas pessoas podem também ser cobertas de honras. Os mais cautelosos devem ter sempre a honradez como sua melhor aliada, visto que aqueles que se distanciam dela estão arriscados a perder o rumo…

Ana Helena Ribeiro Tavares
21/12/02

Comente sem medo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s