Para derrubar o presidente que eu nunca quis ser

- Dedicado ao meu amigo Abílio Mendes, por ser um doido que acha que eu mereço fazer meus rascunhos "em bloquinhos à la Picasso". Acordo e abro os jornais ainda a meio olho. De repente, o céu se queda escuro sobre meu único olho aberto e me dá uma vontade incontrolável de voltar ao travesseiro … Continue lendo Para derrubar o presidente que eu nunca quis ser

Pasargadeando I

Foto: Ana Helena Tavares - "Diálogo" poético com Manuel Bandeira - aspas nele! E negrito nos trechos de minha autoria. - Dedico esse "diálogo" à minha tia Lourdes, que alimenta o beija-flor da foto e é, ao mesmo tempo, um necessário toque de realidade nesse meu mundo de pasargadeios... Afirmo a todos que ganharam lugar … Continue lendo Pasargadeando I