Língua e Liberdade

Por Ana Helena Tavares Em estudo de línguas, não pode haver erro maior do que o de não admitir que não existem erros. Você pode estar errado dentro dos padrões da norma culta. E só. O resto são variações. No entanto, menosprezar a importância da gramática normativa, me parece um comportamento tão opressor quanto o tradicional. Se este último oprime por fazer o aluno acreditar que sua língua é difícil; o seu oposto oprime por não dar ao aluno a liberdade de escolha.

Sobre a diferença entre democracia e liberdade

Texto que escrevi como apresentação pro meu novo site: "Quem tem medo da democracia?" - clique aqui para acessar Democracia é uma praça cheia de gente. Pessoas de todos os sexos, etnias e credos, que, dentro dos limites de uma Constituição representativa, que cria parâmetros e norteia, não têm medo de expressar suas opiniões e, … Continue lendo Sobre a diferença entre democracia e liberdade