Para derrubar o presidente que eu nunca quis ser

- Dedicado ao meu amigo Abílio Mendes, por ser um doido que acha que eu mereço fazer meus rascunhos "em bloquinhos à la Picasso". Acordo e abro os jornais ainda a meio olho. De repente, o céu se queda escuro sobre meu único olho aberto e me dá uma vontade incontrolável de voltar ao travesseiro … Continue lendo Para derrubar o presidente que eu nunca quis ser

Negócios negócios, paz à parte

- Para minha amiga Bete Trotte, que "se mudou para Gaza". Faz-se noite por onde passaram os filisteus Faz-se noite sobre a sombra do belicismo daqueles pra quem a paz não interessa Faz-se noite e a manhã não começa Escureceram o sol, já não ouvem Deus aprisionaram sua voz num abismo Faz-se noite sobre um … Continue lendo Negócios negócios, paz à parte