Categoria: Sem categoria

Sobre a delação e a recusa, por Pedro Tierra

  Pertenço a uma geração que viu não poucos companheiros de luta voltarem das sessões de interrogatórios deformados pela brutalidade dos espancamentos para não entregar um ponto de encontro, uma informação, um documento. Para não delatar. Para não trair. Alguns simplesmente,  não voltaram. Pagaram com a morte seu silêncio. A delação era a ignomínia. A condenação ao ostracismo, à exclusão de qualquer ambiente de convívio social. A morte civil.

As caravanas de Lula e a marcha do sal, por Pedro Tierra

  No momento em que concluo estas reflexões, Lula percorre o Nordeste em caravana. Pretende alcançar outras regiões. Mergulha no mar humano que acorre sob o impulso de sua voz. Intui – como de costume – e nos ensina desde Vila Euclides, que a saída não passa necessariamente pela institucionalidade estabelecida. Pode passar por outros caminhos. Não se sabe o que ocorrerá depois das caravanas. Mas algo nos diz que depois delas o Brasil não será o mesmo, como a Índia não foi a mesma, depois da Marcha do Sal… Mais uma vez, nossa esperança pôs o pé na Estrada.