Cuidado com o Machado que ele quer descer!

Como se pode ver, a cara de Machado de Assis, na estátua em frente à ABL, é de poucos amigos. Qualquer dia, ele descerá daí e pedirá uma reunião com Paulo Coelho, José Sarney e Merval Pereira. Exigirá que provem seus dotes literários. Eu não gostaria de estar por perto.

Como se pode ver, a cara de Machado de Assis, na estátua em frente à ABL, é de poucos amigos. Qualquer dia, ele descerá daí e pedirá uma reunião com Paulo Coelho, José Sarney e Merval Pereira. Exigirá que provem seus dotes literários. Eu não gostaria de estar por perto.

Como ele não pode descer, onde quer que ele esteja certamente está dando graças a Deus por não ter tido filhos: “‎Não transmiti a nenhuma criatura o legado de nossa miséria.” (Brás Cubas)

E, lá onde ele estiver, algo me diz que está abraçado a Cazuza, cantando “Ideologia”: “Os meus inimigos estão no poder”…

Ana Helena Tavares

Na ponta do canhão, uma flor

Por Ana Helena Tavares Portugal é conhecido como “o jardim da Europa”. Se o homem usasse sempre as flores como únicas armas, a Terra poderia ser o jardim do universo.

Hoje, 25 de Abril de 2011, completam-se 37 anos da Revolução dos Cravos, em Portugal. Sou filha e neta de portugueses, e isto pra mim tem um grande significado, como o tem também para todos os cidadãos do mundo que lutam por democracia. A revolução livrou Portugal da ditadura de Salazar e foi marcada pelo gesto de vários soldados de colocarem cravos na ponta das armas. Na foto acima, a flor não é exatamente um cravo, mas esse é um enfeite que tenho no meu quarto. O canhão não veio com a flor, mas como eu o trouxe de Portugal tive a idéia de colocar uma lá. Portugal é conhecido como “o jardim da Europa”. Se o homem usasse sempre as flores como únicas armas, a Terra poderia ser o jardim do universo.

Ana Helena Tavares

%d blogueiros gostam disto: