Categoria: História

Poesia Política: Um cordel para Jango

Por Jetro Fagundes

Um dia esse Brasil fará justiça
ao seu presidente João Goulart
que enfrentou o ódio da cobiça
por ter feito um governo popular

Ele que nunca foi um comunista
enfrentou muitas campanhas hostis
pode até ter sido sim populista
porém só quis o bem pro seu país

Vento, tu que fazes ser tremulado
o lindo Lábaro estrelado da nação
que jamais haja golpe de Estado,
e que se respeite a Constituição

Que noites tenebrosas, escuras
sejam para quem ladra como os cães
Temos nojo e ódio à ditaduras
assim dizia Ulysses Guimarães

História Política – 1964: A insônia dos golpistas

Por Gilson Caroni Filho Para continuar sendo exeqüível, é fundamental não ceder terreno. Reafirmar os princípios do 3º Plano Nacional de Direitos Humanos, cumprir as propostas aprovadas na Confecom, avançar na questão agrária e na manutenção do diálogo com os movimentos sociais são passos decisivos para construir uma nação moderna e organizada. Não fazê-lo é conviver com o permanente risco de retrocesso. E nunca é bom desconsiderar o aspecto trágico da História e o papel motriz da violência em sua caminhada. Os golpistas esperam o sono dos justos para lançar os dados do nosso destino. Não podemos dormir novamente.