Alguma arte: A ação é silêncio

Num deserto, um acerto Num laço, um descompasso No inverno, um começo No mar, um passo Acerto e desfaço Enlaço e desato Infernizo o avesso A parada é meu ato A ação é silêncio O não é um convite A inocência atordoa Quem não pagou está quite O mundo não tem espelho Se tivesse, o … Continue lendo Alguma arte: A ação é silêncio

A saudade, a lua, a vida… Poesia, Pessoa

Hoje, vivo fosse, Fernando Pessoa faria 123 anos. Há alguns anos escrevi um "diálogo" com trechos de poemas dele. Lembrando que este blog é também arte, publico hoje aqui. Os trechos de autoria do gênio português estão em itálico e entre aspas. Os trechos sublinhados em negrito são de minha autoria. - Dedicado à minha … Continue lendo A saudade, a lua, a vida… Poesia, Pessoa