Dia: abril 27, 2011

Suicídios em massa na França

Agradeço à amiga Paula pela excelente sugestão de pauta. Como ela bem definiu, “é de apavorar até o último fio de cabelo”. Uma certeza eu tenho: é o capitalismo, estúpido! Mas o tema merece o devido aprofundamento sociológico. Por isso, vou recorrer a Émile Durkheim e Zigmunt Bauman, dentre outros, e volto a isso em breve. Por agora, introduzo aqui esse assunto seríssimo, sobre o qual pouco (ou nada) vejo nossa mídia falar. Confira a seguinte matéria, de um portal português, e outros links.

Um cordel para a dita

Por Crispiniano Neto Dizem que a “dita” é a sorte
De um povo ou de uma pessoa,
Há “dita” ruim, “dita” boa,
“Dita” fraca ou “dita” forte,
“Dita” pra vida ou pra morte,
“Dita” suja e “dita” pura,
“Dita” clara e “dita” escura,
“Dita” maldita ou bendita,
Mas “dita” vira desdita
Na maldita DITAdura!