Algum lugar entre a prosa e a poesia

O livro e a lágrima

Uma pequena homenagem a um grande homem de carne e osso, cuja alma, a essa altura, certamente, está conversando com aquele que ele julgava não existir.

“É ainda possível chorar sobre as páginas de um livro, mas não é possível chorar sobre um disco rígido”. (José Saramago)

Como pode um livro antigo guardar um amor?

Pode sim. Cheira a flor.

Livros são de papel, lágrimas podem guardar.

Amores são como o céu, feitos pra não quedar.

Como pode um micro guardar um calor?

Não pode. Não sente dor.

Micros são de aço, lágrimas os enferrujam.

Calores, ah, têm mormaço, feitos pra que não fujam.

Pode um amor nascer em um micro?

Pode sim. Mas precisa do calor, da dor e do riso.

Ana Helena Tavares

2 respostas »

Comente sem medo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s