Nos quadrados também há um pulso

Carinho que vem quadrado Nem bem se vê de que lado Pode vir também em bandeja De forma que bem se veja Há amor no silêncio Não expressar não é defeito Olhares podem ser gestos Cada um ama ao seu jeito Identificar o afeto Por tímido que seja É desafio concreto De uma vida que … Continue lendo Nos quadrados também há um pulso